Audiência

Oi pessoal,

Vamos falar sobre audiência? Acho que esse termo vem sido confundido com a expansão e maior utilização da internet como forma de ganhar dinheiro.

Hoje na rede temos diversas opções de como gerar renda sem ter uma rotina convencional de trabalho, voce já deve saber disso... Dessa forma, através de cliques até à plataformas inteiras, contamos com publipost’s, que se tratam de anúncios, mascarados ou não, que nos faz chegar diretamente e propositalmente no  público alvo em questão.

Acontece que nesse processo todo, a disputa de espaço e acima de tudo de atenção faz com que as regras comportamentais da internet exerçam influência direta no seu produto ou no que você acredita que seja importante, e de maneira não necessariamente justa. O que quero dizer com isso é, vejo uma preocupacao exacerbada com números e títulos. A audiência não deve ser medida unica e exclusivamente pela quantidade de seguidor, há uma conversão em vendas que precisa ser considerada, que se chama engajamento. Um usuário hoje considerado microinfluencer, tem uma capacidade de conversão de lead as vezes até maior que um digital influencer catalogado, ter ciencia do que é verdade e do que é vontade naquele que gera conteúdo, é essencial.

A parte que não é legal desse comércio, cresce consideravelmente. A compra e venda de seguidores curtidas e até comentários, acaba confundindo um pouco os consumidores. Quando falo sobre negócios, online ou não, eu considero que a vida offline e a vida online estão completamente interligadas. Por exemplo, você tem uma rede de franquias, fisicas somente, de sucesso. Teoricamente seria um negocio independente de internet, até o momento que algo de errado acontece com um dos seus clientes e ele usa essa ferramenta pra tirar a credibilidade que voce desenvolveu, e quando voce se dá conta sua falta de conhecimento no meio em que você subestimou, te desestruturou e acabou te custou muito caro. A memória do internauta é curta para algumas coisas. Isso também deve ser ressaltado.

O que queremos aqui, é estreitar a sua relação com quem consome sua ideia e seus produtos. A venda do conceito é diária como a do produto, logicamente com a vantagem de ferramentas de rapida absorção de conteúdo acerca de tudo isso. A interação, fidelização e qualidade de acesso contam mais que a quantidade em números. Os curiosos não te ajudam a levantar a casa, eles olham você tentar subir ela sozinho. Enxergue do lado daí quem é quem na sua rede e qual lacuna você tem fortalecer.

Enquanto isso, pega o papel e a caneta que vou te dar algumas dicas sobre o que, na minha opinião, são essenciais nesse processo com a sua rede social:

- Postura: é essencial que você  a tenha. Se houver um perfil pessoal e um profissional, melhor. Se for um para os dois, mais disciplina ainda. Lembre que você está sob julgamento de pessoas que são possiveis clientes ou melhor, são o suficiente. O que seria da internet sem as pessoas? Alinhe seu perfil profissional com quem você é, e cuide disso.

- Realidade: Pessoas reais, empresas reais, histórias reais. Apesar da maior parte do nosso dia estarmos conectados, logo, as pessoas que seguimos são as que mais vemos através do celular. Cada vez mais os usuários estão carentes de realidade. A possibilidade de viver algo incrível é um ótimo motivo pra estar ligado a alguma conta. Seja essa conta, seja real.

- FEED: A liberdade de postagem de conteúdo, ainda mais com empresa que trabalha com anuncio, tende a ser massante. É interessante que você faça um estudo de cores para apresentação dos seus produtos/serviços, estabelece uma relação com o seu feed e tenha um filtro padrão. Sensação de limpeza e organização, para que seu conteúdo não se perca.

- Credibilidade: forme-a. Lembre que você está lidando com seres pensantes, humanos, que teem opiniao e acesso a informação. Não minta, engane, faça de bobo, principalmente ao se tratar de serviços.

- Conteúdo: não se deixe perder o foco. Invista um tempo para organizar as coisas,o que deve ou não ser exposto, e qual a melhor forma de fazer acontecer.

  Eu espero que tenha ajudado! Tenha paciencia com as suas redes e com os seus projetos, lembre que se tratando de pessoas faz parte de um processo. Não compare seu primeiro degrau com o vigésimo de alguém.

Com amor,

Isa.